Início

Confira a programação completa e atualizada clicando aqui.
Sustentabilidade: o desafio da nova geração

Estamos em um momento de grandes mudanças mundiais que estão relacionadas a tecnologias desenvolvidas, novas tendências, mudanças climáticas, propagação de doenças e outros. Temos observado desafios globais complexos que tem demandado ações urgentes para mitigá-los ou resolvê-los. Nesse contexto, a sustentabilidade tem-se tornado uma grande força positiva na resolução desses desafios. O desenvolvimento sustentável envolve pilares sociais, econômicos e ambientais, que quando conectados permitem que as necessidades atuais do planeta sejam atendidas sem comprometer as necessidades das gerações futuras.

Diferentes iniciativas, como a Agenda 2030 da ONU e os objetivos do Desenvolvimento Sustentável, a celebração do “Ano Internacional das Ciências Básicas para o Desenvolvimento Sustentável” (IYBSSD 2022), celebrado pela Unesco, tem destacado a importância e urgência na busca por sustentabilidade para a criação de soluções para os nossos maiores problemas. Nesse sentido cabe destacar a importância de todos: a universidade com desenvolvimento de pesquisas e formação de profissionais; a indústria, com novas tecnologias, produtos e desenvolvimento econômico; o governo com legislações e investimentos direcionais. Por isso a sustentabilidade é o desafio da nova geração!

por professora Ana Paula Carvalho Teixeira

O Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Química – ERSBQ

O Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Química – ERSBQ – Minas Gerais está entre os maiores eventos do país na área de Química. Acontece anualmente desde 1987. Em 2022 voltará a ser sediado na cidade de Belo Horizonte, em sua 34ª edição. O evento será organizado pela UFMG e será realizado em suas dependências, dessa forma, a identidade visual do evento, produzida pela ISC, busca traduzir no logotipo as referências que nos conectam com a Química, Minas Gerais e ao monumento à Aleijadinho presente no gramado da reitoria da UFMG.

Assim como a comunidade da química mineira, que se espalha pelo estado e conecta as diversas microrregiões com sua força e beleza singela, as “sempre-vivas” resistem ao tempo sem se estragar ou perder sua cor, mesmo em condições adversas de clima e solo. Por isso têm esse nome. Ao representá-las no mapa de Minas Gerais, localizamos as principais instituições mineiras que se conectam por robustas redes de colaboração, o que tornou possível esse evento tão importante em tempo recorde.

A Escultura que homenageia Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, é de autoria de Sylvio de Vasconcellos sendo a maior do campus e localizada em frente ao prédio administrativo da UFMG. A construção simboliza dois elementos: a aspiração, representada pelo cilindro ascendente, e o domínio da técnica por nós humanos. A obra conecta o barroco mineiro e o modernismo, assim como formamos hoje as pessoas que resolverão os desafios da próxima geração. Incorporada ao logotipo, ela representa os estudantes, bem como a sede do evento em 2022.